Mais artigos

  • em , ,

    Matriz de Transição Litológica

    Teste do chi-quadrado em Linguagem R Em uma seção estratigráfica, pode-se fazer observações da litologia em pontos igualmente espaçados. Por exemplo, a Tabela 1 apresenta uma sucessão estratigráfica onde foram verificadas as seguintes litologias: A) arenito, B) calcário, C) folhelho e D) carvão (segundo Davis, 2002, p. 168). A codificação foi feita nas quatro litologias […] Ver mais

  • em , ,

    R na prática – Parte 31

    Gráficos em R 1.3.11  Função persp() A projeção em perspectiva é um dos recursos gráficos mais importantes para a visualização da variação espacial de uma variável. A função persp() faz a projeção em perspectiva de uma matriz, tal como nos procedimentos anteriores: contour(), filled.contour() e image(). A Tabela P31.1 apresenta a descrição da função persp() […] Ver mais

  • em , ,

    R na prática – Parte 30

    Gráficos em R 1.3.10  Função image() Esta função gera um mapa imagem em que as células são representadas por retângulos, cujas cores dependem do valor da variável. O mapa imagem é o tipo mais comum para visualização da variação espacial de valores. Trata-se de recurso muito utilizado em geoestatística para ilustrar os resultados de estimativas […] Ver mais

  • em , ,

    R na prática – parte 29

    Gráficos em R 1.3.9  Função filled.contour()  Trata-se do mesmo processo de obtenção de curvas de isovalores, mas com a diferença que as áreas entre duas curvas consecutivas são preenchidas por cores. A descrição da função filled.contour() e seus argumentos estão na Tabela P29.1. O Script P29.1 faz a representação das curvas de nível preenchidas da […] Ver mais

  • em , ,

    R na Prática – Parte 28

    Gráficos em R 1.3.8  Função contour() Geralmente, os levantamentos geológicos de uma região resultam em dados distribuídos em área, que podem ser tratados para uma rápida visualização da distribuição espacial das variáveis medidas em campo. As curvas de contorno de isovalores são uma forma de representação da variação espacial e permitem analisar e interpretar o […] Ver mais

  • em , ,

    R na prática – parte 26

    Gráficos em R 1.3.6  Função barplot() O diagrama de barras obtido com a função barplot() é uma alternativa ao histograma, mas essa função pode ser usada para representações de múltiplas variáveis, como se apresenta no exemplo de aplicação. Porém, antes de prosseguir, descreve-se a função e seus argumentos, de acordo com a Tabela P26.1. Da […] Ver mais

  • em , ,

    R na Prática – Parte 25

    Gráficos em R 1.3.5  Função hist() O histograma é uma representação gráfica da estatística de um ponto. Os valores da variável são selecionados em intervalos de classes e apresentados na forma de um histograma, com as barras verticais proporcionais à frequência em função das classes. Não é possível obter múltiplos histogramas, como se demonstrou com […] Ver mais

  • em , ,

    R na prática – parte 24

    Gráficos em R 1.3.4  Função pairs() Quando se tem uma matriz de dados, onde as linhas são as observações e as colunas as variáveis, pode-se analisar todas as dispersões entre as variáveis por meio da função pairs(). A função pairs() produz uma matriz de diagramas de dispersão organizados em linhas e colunas. Esta função de […] Ver mais

  • em , ,

    R na Prática – Parte 23

    Gráficos em R 1.3.3  Função stripchart() Esta função gera uma dispersão unidimensional, na forma de pontos plotados em uma tira. Para impedir a superposição de pontos, usa-se o método “jitter” que evita o empilhamento, melhorando a visualização da dispersão. Este e outros argumentos estão descritos na Tabela P23.1. O primeiro exemplo mostra como usar a […] Ver mais

  • em , ,

    R na prática – Parte 22

    Gráficos em R 1.3.2  Função boxplot() A função boxplot() gera um diagrama formado por uma caixa delimitada pelos quartis inferior e superior, com uma barra horizontal na altura da mediana. Além disso, desenha os valores mínimo e máximo da distribuição sem considerar os pontos anômalos. A função boxplot() e seus argumentos estão descritos na Tabela […] Ver mais

  • em ,

    R na Prática – Parte 21

    Gráficos em R Antes de prosseguir com mais um exemplo da função plot(), seria interessante apresentar os parâmetros que podem ser usados para modificar a plotagem por meio da função par(). Os inúmeros argumentos da função par() estão listados a seguir (Tabela P21.1), de acordo com dados obtidos no sítio https://www.rdocumentation.org/packages/graphics/versions/3.6.2/topics/par, e agrupados conforme https://www.statmethods.net/advgraphs/parameters.html […] Ver mais

Mais artigos
Não há mais artigos