em , ,

R na Prática – Parte 28

Gráficos em R

1.3.8  Função contour()

Geralmente, os levantamentos geológicos de uma região resultam em dados distribuídos em área, que podem ser tratados para uma rápida visualização da distribuição espacial das variáveis medidas em campo. As curvas de contorno de isovalores são uma forma de representação da variação espacial e permitem analisar e interpretar o padrão de distribuição dos valores na área de estudo.

Normalmente, essas curvas são obtidas por interpolação de um isovalor dentro de uma célula quadrada ou retangular, ou seja, em malhas regulares. Embora seja possível a interpolação de curvas de nível em malhas irregulares, o procedimento usando malhas regulares é muito mais otimizado produzindo sempre bons resultados em termos de suavidade e continuidade das linhas de isovalores.

A linguagem R proporciona uma função para geração das curvas de nível de uma matriz z, como está descrita na Tabela P28.1.

 Para fins de demonstração de uso da função contour(), sejam os dados de topografia do Vulcão Maunga Whau de Auckland obtidos em uma malha regular de 10 por 10m (dados disponíveis na instalação do R). O conjunto de dados “volcano” é representado por uma matriz de 87 linhas por 61 colunas.

Neste item, o procedimento contour(), tal como disponível na biblioteca da linguagem R vai ser aplicada. Esta função permite apenas o desenho das curvas de nível de uma matriz completa, ou seja, não é possível fazer o recorte de uma área por imposição de um limite de propriedade ou mesmo uma fronteira convexa.

Contudo, trata-se de uma função bastante útil para visualização de funções matemáticas ou mesmo dados de levantamentos topográficos ou quaisquer outras variáveis representados em uma matriz cheia.

Tabela P28.1: Descrição da função contour() e seus argumentos.

 O Script P28.1 permite fazer a plotagem das curvas de nível dos dados de elevação de terreno do conjunto de dados “volcano” (Figura P28.1).

Próximo artigo

Em continuidade à representação de matrizes de dados em 2D, o próximo artigo irá tratar da função filled.contour() da linguagem R, que faz o preenchimento das áreas entre duas linhas consecutivas de isovalores.

Jorge Kazuo Yamamoto

Escrito por Jorge Kazuo Yamamoto

Prof. Dr. Jorge Kazuo Yamamoto, fundador da Geokrigagem, é geólogo, foi pesquisador do IPT e docente do Instituto de Geociências da USP, onde se aposentou como Professor Titular do Departamento de Geologia Sedimentar e Ambiental. Atualmente, atua como Professor Sênior do Departamento de Engenharia de Minas e de Petróleo – Escola Politécnica – USP. É responsável pela disciplina “Métodos geoestatísticos” na Pós-Graduação do IPT – Investigação do subsolo: Geotecnia e Meio Ambiente. Dedica-se ao ensino de geoestatística, com ênfase no desenvolvimento de algoritmos e pesquisa de novas aplicações, tais como: variância de interpolação, cálculo da variância global de depósitos minerais e correção do efeito de suavização da krigagem. Ultimamente, seu interesse está voltado para o ensino e divulgação da linguagem R.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Script – Parte 27.2 (Série R na Prática)

R na prática – parte 29