OLEA, R. A. Geostatistical Glossary and Multilingual Dictionary. Nova Iorque: Oxford University Press, 1991. 177p.
em ,

Retrospectiva da Geoestatística XI: Glossário da Geoestatística e Dicionário Multi-idiomas (Olea, 1991)

Geostatistical Glossary and Multilingual Dictionary

Retrospectiva da Geoestatística XI: Glossário da Geoestatística e Dicionário Multi-idiomas (Olea, 1991)

Em 1991 é publicado o “Geostatistical Glossary and Multilingual Dictionary”, de autoria de Ricardo A. Olea. Trata-se de uma obra de referência para estudantes, cientistas, engenheiros e outros interessados em geoestatística (Olea, 1991, p. vii). Os termos comumente empregados em geoestatística estão contemplados nesta obra. Por exemplo, o termo krigagem residual é incluído (Olea, 1991, p. 67).

 

Krigagem residual

Esta técnica consiste na krigagem dos resíduos, obtidos por meio da subtração do valor de tendência, descrita por um polinômio de baixo grau, dos valores observados. Aos valores residuais estimados são então adicionados os termos de tendência anteriormente removidos. O destaque para esse termo foi feito, pois, essa técnica é muito utilizada no caso da existência de tendência nos pontos de dados. Olea (1991) começa a aplicar a notação do vetor h, com o h em negrito.

 

JOYCE, James. Retrato do artista quando jovem. São Paulo: Abril Cultural, 1971. 238p.
OLEA, R. A. Geostatistical Glossary and Multilingual Dictionary. Nova Iorque: Oxford University Press, 1991. 177p. – Edição pertencente ao acervo da Geokrigagem.

 

 

Referência

OLEA, R. A. Geostatistical Glossary and Multilingual Dictionary. Nova Iorque: Oxford University Press, 1991. 177p.

 

 

 

Resenhas anteriores:

Retrospectiva da Geoestatística X: Uma Introdução à Geoestatística Aplicada (Isaaks e Srivastava, 1989)

Retrospectiva da Geoestatística IX: Manual de Geoestatística Avançada Aplicada à Estimativa de Reservas Minerais (David, 1988)

 

Leia a primeira resenha da série:

Retrospectiva da Geoestatística I: Tratado de Geoestatística Aplicada (Matheron)

 

 

 

 

 

 

GEO 101 - Geoestatítica: Fundamentos e Aplicações. Curso presencial em São Paulo, na Geokrigagem
Domine os conceitos de Geoestatística com o curso presencial GEO 101 – Geoestatística: Fundamentos e Aplicações. Clique no banner para mais detalhes.

 

 

 

 

 

Jorge Kazuo Yamamoto

Escrito por Jorge Kazuo Yamamoto

Prof. Dr. Jorge Kazuo Yamamoto, fundador da Geokrigagem, é geólogo, foi pesquisador do IPT e docente do Instituto de Geociências da USP, onde se aposentou como Professor Titular do Departamento de Geologia Sedimentar e Ambiental. Atualmente, atua como Professor Sênior do Departamento de Engenharia de Minas e de Petróleo – Escola Politécnica – USP. É responsável pela disciplina “Métodos geoestatísticos” na Pós-Graduação do IPT – Investigação do subsolo: Geotecnia e Meio Ambiente. Dedica-se ao ensino de geoestatística, com ênfase no desenvolvimento de algoritmos e pesquisa de novas aplicações, tais como: variância de interpolação, cálculo da variância global de depósitos minerais e correção do efeito de suavização da krigagem. Ultimamente, seu interesse está voltado para o ensino e divulgação da linguagem R.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que é Cava Ótima?

Artigo: Algoritmo de Lerchs Grossmann - Módulo de Cava Ótima do Geokrige

Algoritmos de Cava Ótima: O Método de Lerchs-Grossmann